Avaliação das habilidades de vida funcionais: saiba mais sobre o Protocolo AFLS

Patrocinado

Você já ouviu falar do Protocolo AFLS? A Avaliação de Habilidades de Vida Funcionais, em tradução livre, é uma ferramenta de avaliação de habilidades para ensinar crianças, adolescentes e adultos com dificuldades de desenvolvimento.

Então, ajuda nas habilidades essenciais que os indivíduos precisam para alcançar a independência e a autonomia.

Dessa forma, o Protocolo AFLS foi criado com o objetivo de ajudar a pessoa a adquirir habilidades para ter uma vida funcional.

Vale destacar que crianças com autismo ou outros  problemas comportamentais ou de desenvolvimento podem ter dificuldade em aprender e desenvolver as habilidades vitais necessárias para serem mais independentes.

Portanto, é importante que profissionais que trabalham com essas crianças forneçam uma base que as ajude a alcançar o mais alto nível de independência possível.

Patrocinado

Como funciona?

O protocolo AFLS inclui protocolos de avaliação diferentes que avaliam habilidades funcionais, práticas e essenciais da vida cotidiana.

Além de uma avaliação, o AFLS ajuda a rastrear e monitorar o progresso de soluções que permitem que as habilidades avaliadas sejam rastreadas para o progresso ao longo de muitos anos. Entre as habilidades, podemos citar:

Habilidades básicas da vida

São avaliadas como funciona o autocuidado, as formas de manter a higiene, rotinas e habilidades básicas de comunicação.

As habilidades avaliadas no Protocolo de Avaliação de Habilidades Básicas de Vida devem ser consideradas um pré-requisito para qualquer programa de habilidades funcionais.

Entre as atividades, inclui: autogerenciamento, comunicação básica, como se vestir, toalete, higiene, saúde, segurança e primeiros socorros e rotinas noturnas.

Patrocinado

Habilidades domésticas

Esteja morando com os pais ou sozinho, o autista precisa treinar as habilidades necessárias para viver em uma casa. Por isso, ajuda a criança ou jovem a preparar suas refeições em casa, tarefas de limpeza, lavar roupas, por exemplo.

Habilidades de participação na comunidade

A participação na comunidade começa com o aprendizado de atividades do dia a dia. É o caso de ensinar a atravessar a rua, usar transporte público, fazer compras no mercado e ir ao restaurante, por exemplo.

A capacidade de contar o tempo e usar conceitos relacionados ao tempo, marcar e manter compromissos, usar um telefone e outras habilidades para ajudar os alunos a permanecerem conectados e interagirem com outras pessoas também são avaliadas. Além disso, também avaliam-se a forma como lidam com o dinheiro.

Habilidades escolares

Esta avaliação abrange todos os níveis etários de educação: ensino fundamental, ensino médio, ensino médio, faculdade. Por isso, considera o nível de desenvolvimento do indivíduo em relação a linguagem, comportamento e habilidades cognitivas.

Além disso, também avalia: como é a estrutura da sala de aula, a rotina e expectativas, refeições na escola, habilidades sociais, recursos tecnológicos, conhecimentos adquiridos.

Habilidades vocacionais

Este protocolo ensina habilidades essenciais a alunos que se preparam para ingressar no mercado de trabalho ou àqueles que já estão trabalhando, mas desejam desenvolver habilidades.

Além disso, abrange habilidades relacionadas à busca de um emprego e preparação para entrevistas. Também avalia as relações com colegas de trabalho e conhecimentos específicos.

Vantagens do Protocolo AFLS

  • Pode ser utilizado a qualquer hora e em qualquer lugar – em casa ou na escola;
  • É fácil de entender: é escrito em uma linguagem prática e não muito técnica;
  • Simples de usar: fornece um passo a passo com exemplos e métodos, tornando o sistema fácil para todos;
  • Acessível e personalizável: é mais barato do que outras ferramentas de avaliação do autismo e pode ser personalizado de acordo com as necessidades de qualquer aluno a qualquer momento.

Leia também:

Saiba mais sobre o ADI-R

ADOS – Protocolo de observação para diagnóstico de autismo

Referências:

https://functionallivingskills.com/functional-living-tools/

https://life-skills.middletownautism.com/background/assessment-life-skills/assessment-functional-living-skills-afls/

WhatsApp
Facebook
Pinterest
Telegram
Twitter
Patrocinado

Você irá ler neste artigo

Quem leu gostou do artigo!!!
Quem leu gostou do artigo!!!
Picture of Dra. Fabiele Russo

Dra. Fabiele Russo

Neurocientista, especialista em Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Pesquisadora na área do TEA há mais de 10 anos. Mestre e Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP) com Doutorado “sanduíche” no exterior pelo Departamento de Pediatria da Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD). Realizou 4 Pós-doutorados pela USP. É cofundadora da NeuroConecta e também, coautora do livro: Autismo ao longo da vida.