Como treinar as habilidades sociais do autista?

Como treinar as habilidades sociais do autista?

Muitas crianças e até mesmo adultos com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) sentem dificuldades em agir em diferentes tipos de situações sociais e precisam de ajuda para isso. Geralmente, eles têm o desejo de interagir, mas não sabem o que fazer em novas situações.

As habilidades sociais são as regras, costumes que orientam nossas interações com outras pessoas e o mundo ao nosso redor. Pessoas neurotípicas costumam adquirir essas habilidades sociais de forma natural e sozinhas apenas observando comportamentos.

Essas habilidades permitem a interação adequada com outras pessoas nos mais diversos contextos. Mas com os autistas funciona de outra forma e eles precisam de um suporte para melhorar e aprender essas habilidades.

Quais habilidades sociais são importantes?

É importante que a pessoa com TEA desenvolva e entenda como funcionam as  habilidades sociais. Veja algumas que são importantes para interagir e conviver com outras pessoas.

  • Jogos: entender a importância de se revezar em um jogo ou compartilhar um brinquedo;
  • Conversação: entender como funciona uma conversa, a hora de cada um falar e como funciona a linguagem corporal;
  • Emocionais: aprender a gerenciar emoções e entender como os outros se sentem (empatia);
  • Contato visual: entender como funciona e como fazer essa forma de contato;
  • Resolver problemas: aprender a lidar com conflitos e tomar decisões em situações sociais;
  • Autocontrole e expressividade emocional: conseguir reconhecer as emoções, controlar a ansiedade, expressar sentimentos positivos e negativos;
  • Civilidade: entender a importância de cumprimentar as pessoas, seguir regras, agradecer, pedir desculpas etc;
  • Lidar com críticas: concordar ou discordar com opiniões e defender seus próprios interesses;
  • Relacionamento: conseguir interagir, fazer amizades, cooperar, iniciar e manter uma conversa;
  • Habilidades acadêmicas: seguir instruções orais, prestar atenção, aguardar a sua vez, solicitar ajuda e cooperar, trabalhar em grupo.

Como essas habilidades sociais podem ser treinadas

A aprendizagem de habilidades sociais ocorre de forma contínua durante toda vida, permitindo assim que possíveis déficits sejam superados. Mas, no caso de pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) essas habilidades precisam ser treinadas e/ou ensinadas.

Para isso, é muito importante buscar ajuda especializada para receber as orientações adequadas. Umas das formas de melhorar essas habilidades é procurar um especialista na ciência ABA – Análise do Comportamento Aplicada.

Os profissionais realizam uma avaliação do repertório da criança e identificam as dificuldades de aprendizagem e falta de habilidades sociais. Por isso, as intervenções são feitas de forma individual e a interação social é trabalhada por meio de atividades e brincadeiras, além do uso do reforço positivo para fixar um comportamento adequado.

Sendo assim, o treinamento de habilidades sociais consiste em tratamentos comportamentais de intervenção precoce, com o intuito de promover o desenvolvimento comportamental de forma adequada. Os especialistas também ensinam novas habilidades e como deve ser o  comportamento de uma situação.

Além disso, os pais, cuidadores e professores são instruídos para contribuir na manutenção desses comportamentos, para agilizar uma mudança e no entendimento das habilidades sociais.

Algumas outras técnicas:

  • fotos: um método convencional para praticar o reconhecimento de emoções é o uso de imagens. O processo vai além de olhar para uma foto de um rosto e descrevê-lo como “feliz” ou “triste”. O profissional também explica e exemplifica o que causou a emoção.
  • atividades em grupo: é possível trabalhar com outros colegas e ensinar a praticar habilidades sociais por meio de cumprimentos e em cenários cotidianos.
  • uso de tecnologia: vídeos, desenhos e jogos podem ajudar a ensinar sobre a linguagem corporal e a comunicação.
  • histórias: é uma estratégia frequentemente usada para ensinar habilidades sociais a crianças. Por meio da leitura de histórias apresentam-se os conceitos e regras sociais para quem tem o TEA.

Referências:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6105175/

https://www.verywellhealth.com/social-skills-training-and-autism-the-basics-260061

https://iancommunity.org/cs/what_do_we_know/social_skills_interventions

https://www.iidc.indiana.edu/pages/Making-and-Keeping-Friends-A-Model-for-Social-Skills-Instruction

Posts Relacionados