A depressão é uma doença incapacitante, na maioria das vezes, e que atinge mais de 320 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na maioria das vezes, causa sintomas como tristeza aguda, falta de prazer com atividades do dia a dia, fadiga e até incapacidade de trabalhar e estudar.

No entanto, você sabia que existem diferentes tipos de transtornos depressivos? De acordo com o DSM-5 (Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 5ª edição), há diversos tipos de depressão.

O DSM-5 contém as diretrizes formais utilizadas pelos profissionais de saúde para diagnosticar transtornos mentais e outras condições de saúde.

Veja a seguir alguns tipos de depressão segundo o DSM-5:

 

Transtorno Disruptivo de Desregulação do Humor

É um recente diagnóstico que entrou no DSM-5. Trata-se de uma condição infantil caracterizada por irritabilidade persistente e episódios frequentes de descontrole comportamental extremo

Embora as “birras infantis” sejam bastante comuns em crianças, o Transtorno Disruptivo de Desregulação do Humor é mais do que apenas o mau humor normal da infância.

As explosões de raiva que as crianças experimentam são extremas, intensas. Há birras graves e recorrentes e podem envolver gritos, empurrões e violência física. Podem ser birras inadequadas para a faixa etária da criança.

E os sintomas devem estar presentes por pelo menos 12 meses para que a criança receba o diagnóstico.

As causas do transtorno não são claras, embora existam vários fatores como genética, temperamento, condições mentais concomitantes e experiências ruins da infância.

O tratamento envolve medicamentos, psicoterapia e acompanhamento médico.

 

Transtorno Depressivo Maior

 É um distúrbio de humor que causa um sentimento persistente de tristeza e perda de interesse. A depressão afeta como você se sente, pensa e se comporta e pode levar a diversos problemas emocionais e físicos.

Os sintomas variam bastante e é comum que a pessoa apresente mais de um episódio na vida.

Geralmente, há sentimentos de tristeza, desesperança, explosões de raiva, irritabilidade, perda de interesse ou prazer, distúrbios do sono, cansaço, redução do apetite, ansiedade, pensamento lento e até pensamentos suicidas, em alguns casos.

O tratamento costuma ser medicamentoso e psicoterapia. As causas da doença são multifatoriais, ou seja, variam desde alterações na química cerebral, disposição genética e questões pessoais como crises frequentes.

 

Disfórico pré-menstrual

O transtorno disfórico pré-menstrual é uma forma muito mais grave do que a TPM. Pode afetar mulheres em idade fértil. É uma condição médica grave e crônica que precisa de atenção e tratamento.

Os sintomas aparecem durante a semana que ocorre a menstruação e termina alguns dias após o início do período.

Além dos sintomas como ansiedade, irritabilidade, raiva, insônia, agitação, em alguns casos, podem apresentar problemas de pele, gastrointestinais e vasculares como dor de cabeça.

Mudanças no estilo de vida e, às vezes, medicamentos podem ajudar a controlar os sintomas.

Para algumas mulheres, a gravidade dos sintomas aumenta com o tempo e dura até a menopausa. Por isso, uma mulher pode precisar de tratamento por um período prolongado. A dosagem do medicamento pode mudar ao longo do tratamento.

 

Transtorno Depressivo Induzido por Substância/Medicamento;

O transtorno de humor induzido por substâncias é um tipo de depressão causada pelo uso de álcool, drogas ou medicamentos.

Uma grande variedade de substâncias psicoativas pode causar depressão induzida por substâncias.

As pessoas que têm transtornos por uso indevido de substâncias, como  álcool, cocaína ou opióides, são mais propensas a desenvolver a condição.

Estima-se que 40 a 60% das pessoas com transtornos por uso de álcool experimentam períodos ou episódios de depressão induzida por substâncias. Já cerca de 55% das pessoas com transtornos por uso de opióides experimentam depressão induzida por substâncias.

Na maioria dos casos, o tratamento envolve a interrupção do uso de substâncias ou medicamentos que causam o transtorno.

 

Referências:

DSM-5 – O Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 5.ª edição

https://www.verywellhealth.com/disruptive-mood-dysregulation-disorder-5201418

https://www.verywellmind.com/substance-medication-induced-depressive-disorder-21931

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/depression/symptoms-causes/syc-20356007

https://www.hopkinsmedicine.org/health/conditions-and-diseases/premenstrual-dysphoric-disorder-pmdd