A imitação envolve a capacidade de uma criança de copiar as ações de adultos e colegas. Com isso, elas aprendem a realizar ações com objetos, a fazer gestos e movimentos corporais como bater palmas ou acenar e também a se comunicar.

As crianças com desenvolvimento típico aprendem a imitar na infância. É bastante comum que o bebê interaja com a mãe imitando sons, ações e expressões faciais. No entanto, crianças que estão no espectro costumam ter grande dificuldade em imitar. E isso pode afetar outras áreas de desenvolvimento. 

A importância da imitação para o desenvolvimento

A imitação é essencial para o processo de aprendizagem de todas as crianças. Também permite a socialização, além de aprender a linguagem e certos comportamentos e funções.

Crianças com autismo podem adquirir novos comportamentos imitando seus pais. Quando as imitações se tornam constantes, a linguagem e as habilidades motoras serão permanentes. Além disso, é mais fácil para as crianças que aprendem por imitação descobrir o mundo.

Imitação e atividades lúdicas

Não há melhor forma de aprender do que por meio de brincadeiras. Os pais e cuidadores podem ajudar nesse processo. Mas, vale a pena buscar ajuda especializada, como terapeutas na ciência ABA que podem instruir melhor quais atividades são eficientes para treinar a habilidade de imitação da criança autista.

Veja, a seguir, algumas atividades lúdicas e brincadeiras que incentivam a imitação nos autistas:

– Música

As crianças gostam bastante de músicas e isso pode ser benéfico para que elas pratiquem a imitação. Escolha músicas que façam parte do dia a dia e que tenham repetições. Sugestões: “Meu pintinho amarelinho”, “Dança da imitação”, “Seu Lobato tinha um sítio”, “Lá em casa”, “Quem fez esse barulhinho?”.

 – Imitar os animais

Não economize nas músicas com bichinhos e incentive a criança a imitar os sons e até os movimentos dos bichos nas músicas. Explique os movimentos e peça que ela repita. Se for possível, mostre alguma animação ou desenho com os bichinhos.

– Estátua

Brincar de Estátua é muito divertido para crianças pequenas. Coloque a música, dance com a criança e ao pausar a música explique que todo mundo precisa virar estátua, ou seja, ficar parado. Coloque a música novamente e continue dançando.

– Dança das cadeiras

Quando os pequenos começarem a andar, já é possível brincar de dança das cadeiras. Explique como funciona a brincadeira e peça para que ele/ela imite os adultos. No início, pode ser apenas colocar as cadeiras para todos, é só sentar-se quando a música parar. Depois, o desafio pode aumentar e pode ser colocada uma cadeira a menos para que a criança se sinta estimulada a correr e garantir seu lugar.

– Objetos iguais

Tenha objetos iguais como carrinhos ou tambores. Puxe ou empurre o carrinho e peça para a criança fazer o mesmo. Bata no tambor e peça para ela bater também.

– Crie ações com os personagens preferidos

É importante que a criança se sinta estimulada e nada melhor que incluir nas brincadeiras os personagens prediletos. Coloque a Peppa, o Superman e a Turma da Mônica para brincar, pular, na água, voar e peça para que a criança repita a ação.

– Jogar bola

Fique de frente um para o outro e brinque de jogar a bola no chão. Essa atividade simples estimula a criança a imitar um comportamento.

– Imite a criança

Já foi comprovado que imitar as ações da criança pode ser bastante efetivo. Por isso, seja um espelho da criança. Se ela pular, pule também. Siga os passos dela em tudo o que fizer. Isso vai ajudá-la a se conectar mais com você e repetir um comportamento.

– Tintas, massinhas, bloquinhos de montar, fantoches

Tudo pode ser usado para estimular a imitação. Use a criatividade e saiba identificar o que seu filho ou filha mais gosta para brincar. Arranje sempre um tempo para brincar, mostrar o que está fazendo, explicar como funcionam as regras e pedir para que ela repita o que você fez.

Lembre-se: deve ser um momento descontraído e a criança não deve ser obrigada a brincar ou fazer imitações. Sempre que ele/ela estiver cansado (a) pare e retome no dia seguinte.

Qual brincadeira você costuma realizar com seu filho? Conte para gente a sua experiência com a imitação!

Referências:

https://depts.washington.edu/isei/iyc/21.2_Ingersoll.pdf

https://otsimo.com/en/importance-imitation-skills-autism

https://www.mayinstitute.org/news/acl/asd-and-dd-child-focused/what-is-imitation-and-why-is-it-important